# 22: Adoração 4: Eternamente by Ministério Koinonya de Louvor

KM01.040Após a excelente repercussão (além de qualidade técnica) do volume 3, o Koinonya retornou aos Estúdios da Life em POA-RS para a gravação do volume 4 da série “Adoração”, intitulado “Eternamente”.

A produção geral deste novo projeto foi de Alda Célia e Silvério & Rosirene Peres. Toda a  produção técnica ficou a cargo de Asaph Borba, além da mixagem. “Eternamente” foi gravado na Life no mês de março de 1991, tendo sido lançado originalmente nos formatos LP e cassete no mesmo ano.

Os arranjos instrumentais foram produzidos por Neide Arruda, Willen Soares e Silvérios Peres. Os arranjos vocais por Alda Célia e Márcio Pereira.

Nesta época, Bené Gomes fora transferido para Brasília, para ser pastor na comunidade evangélica daquela cidade. Essa mudança traria mudanças significativas para o Koinonya a partir do volume 5. Ele não deixou de participar deste álbum, tampouco saiu do ministério, porém, sua participação aqui foi creditada como uma “participação especial”. No fim das contas, ele cantou mais canções do que qualquer outro vocalista no álbum: “Eu Decidi” e “Ouve Ó Deus”, além de “Fruto da Aliança”, que será mencionada mais tarde. Bené Gomes é o compositor de “Eu Decidi”, uma das canções mais conhecidas do Koinonya.

562.060

A capa da edição original em LP (562.060) de 1991.

Neste álbum apareceu pela primeira vez Sônia Helena nos backing vocals, além de um tal de Fernando Sciência (quem é este cara? que sobrenome é este?). Quanto aos principais vocalistas, estão todos presentes: Alda Célia, Márcio Pereira, Silvério e Rosirene Peres, Nalma Daier, Kleber Lucas e Geraldo Alcântara, além de Rosália Figueiredo e Denise Alcântara.

“Eternamente” foi um álbum frutífero no quesito “canções marcantes”. E não foram poucas: a faixa 1 é um medley clássico: “Te Louvamos/Oferta de Amor”. A primeira, “Te Louvamos”, foi escrita e interpretada por Silvério Peres, com solo de sax de Jonas Siqueira. “Oferta de Amor” (Venho Senhor, Minha Vida Oferecer) é uma das canções mais conhecidas de Willen Soares, que no álbum seguinte tornar-se-ia o produtor dos álbuns do Koinonya até o volume 11. A canção é ministrada pela doce voz de Nalma Daier. Memorável.

Adoração4-SeloLadoB

O selo do Lado “B” da edição original do LP (562.060) de 1991. Identificado como “Banda Koinonya”.

Rosália Figueiredo e Kleber Lucas interpretam a canção “Digno”, que também traz boas memórias, e se é para falar de boas memórias, as faixas 3 e 5 trazem canções que remontam temas de guerra e vitória, com “Anjos de Deus” (com a voz de Asaph Borba no início) e o medley “Leão de Judá Prevaleceu/Tua, Senhor, é a Força”, que até hoje são lembradas com carinho. Márcio Pereira escreveu e interpretou esta última, enquanto Silvério Peres foi o autor da música do “Leão”.

FRUTO DA ALIANÇA

Esta canção é um tema todo especial, pois apresenta vários vocalistas diferentes, simbolizando a união da igreja. Participaram vocalistas de diferentes localidades do Brasil (no caso, 3 cidades de 3 estados diferentes): Alda Célia (Goiânia-GO), Silvério & Rosirene Peres (Goiânia-GO), Bené Gomes (agora como Brasília-DF), Asaph & Lígia Rosana Borba (POA-RS) e Everton & Carmélia Tonin (POA-RS). Note-se que eram todos casais, com a exceção de Bené Gomes e Alda Célia, que acabaram sobrando. Nesta canção também participou Marcos Gibran como baixista.

As demais canções deste álbum são “Grandes Obras”, cantada por Geraldo & Denise Alcântara e a faixa título “Eternamente”, escrito por Alda Célia e ministrada por ela mesma.

Koinonya1991

Ministério Koinonya em 1991.

Este foi o segundo e último álbum gravado nos estúdios da Life. “Eternamente” foi muito mais que simplesmente o quarto volume da série “Adoração”: ele encerrou um ciclo e preparou o Ministério para significativas mudanças.

O FIM DO CLICLO ASAPH BORBA E DEMAIS MUDANÇAS

Pioneiro na renovação da música cristã brasileira, Asaph não especializou-se apenas como vocalista, líder de louvor e compositor, mas também como produtor e demais serviços técnicos em estúdio, sendo também pioneiro arrojados nestas áreas. Quando o Koinonya recorreu a ele para gravar seu primeiro álbum, de maneira improvisada, ele assim o fez. O segundo álbum foi produzido da mesma maneira, como já mencionado aqui. Asaph produziu e gravou os dois álbuns seguintes (em 1990 e 1991) em seu próprio estúdio, além de produzir também em 1991 o álbum da Comunidade de Brasília. Com a introdução de membros de Brasília no Koinonya a partir desta época, os álbuns passaram a ser produzidos totalmente por eles. Asaph Borba saia e Willen Soares passaria a produzir todos os álbuns, a maioria deles com faixas digitais, muito comuns na época.

Lançado originalmente nos formatos LP e Cassete, “Eternamente” foi relançado em CD poucos anos mais tarde. A arte da capa foi modificada, dando um semblante “Hosanna! Music” em sua art work, algo muito comum na época.

Adoração4-VersoLP

O verso da edição original em LP (562.060).

10 FATOS SOBRE ESTE ÁLBUM:

01. Na edição original em LP o grupo identificou-se como “Banda Koinonya” apenas na contra-capa. Na capa mantiveram como “Comunidade Evangélica de Goiânia”. No álbum seguinte isto não se repetiria, mas voltaria no volume 6.
02. Canções que mais marcaram: “Te Louvamos”, “Oferta de Amor”, “Anjos de Deus”,“Leão de Judá Prevaleceu”, “Tua, Senhor, é a Força”“Eu Decidi” e “Fruto da Aliança”.
03. A canção “Leão de Judá Prevaleceu” também é conhecida como “Ouve-se o Júbilo”, fazendo menção à primeira linha da letra da música.
04. “Eternamente” foi o segundo e último álbum gravado nos Estúdios da Life, em Porto Alegre-RS.
05. Esta foi a estréia de Willen Soares no Koinonya. No caso, como tecladista e baterista. Carlos Cintra, baterista em “Derramarei” participou na canção “Anjos de Deus” (excelente trabalho, na minha opinião).
06. Na edição em CD, todas as canções de cada medley estão na mesma faixa. Do total de 11 canções, o álbum possui 9 faixas.
07. Este é o quarto e último álbum gravado por Asaph Borba para o Koinonya.
08. Como já dito, Bené Gomes participou deste álbum como um dos convidados especiais (isto voltaria a acontecer no volume 6). Neste mesmo ano, ele e Asaph Borba dedicaram-se na produção de um álbum com a Comunidade Evangélica de Brasília.
09. O álbum possui diferentes edições em CD, sendo que no relançamento da Aliança, não consta como “Editora e Gravadora Koinonia”, além de ter o selo da Comunidade Sara Nossa Terra. Também foi alterado para “Bené Gomes” onde estava escrito “Benedito Carlos Gomes” e “Benedito C. Gomes”, nesta último  caso, na autoria de “Eu Decidi”. As capas das edições em CD (bem como todas até 1999) são uma cópia descarada do padrão“Hosanna!” lançado na época (capa branca, desenho no centro, faixa colorida superior, etc). O LP original não seguia este padrão.
10. Na edição original do LP, foi cometida uma verdadeira pérola nos créditos. Asaph Borba está creditado como guitarrista e tecladista em “Fruto da Aliança”, sendo que no CD, está creditado apenas como tecladista em “Eternamente”. Não há menção dos vocalistas da canção “Fruto da Aliança”, mas Asaph & Lígia e Everton & Carmélia estão creditados como vocalistas em “Eternamente”, o que você percebe que não ocorreu só de ouvir a faixa. A vocalista nesta faixa foi Alda Célia.

Extra: A canção “Ouve Ó Deus” é creditada aos autores Heber e Gleiva da Comunidade de Bebedouro-SP. Não faço ideia de quem são e buscas pela internet resultarão apenas neste mesmo disco. Independente disto, não entendo quando há esta má vontade em mencionar os sobrenomes dos autores.

© 1991 Koinonia Editora e Gravadora (CD)/Koinonia Comunidade Edições (LP original).

Há duas edições diferentes em CD, incluindo o relançamento da Aliança, como dito anteriormente, além de uma edição em CD mais recente em álbum duplo: “Derramarei/Eternamente”, que correspondem aos volumes 3 e 4 da série “Adoração”.

FAIXAS:

01. Medley: Te Louvamos/Oferta de Amor
02. Digno
03. Anjos de Deus
04. Fruto da Aliança
05. Medley: Leão de Judá Prevaleceu/Tua, Senhor, é a Força
06. Ouve Ó Deus
07. Grandes Obras
08. Eu Decidi
09. Eternamente

As faixas 1 a 4 correspondem ao Lado A e as faixas 5 a 9 ao Lado B da edição LP.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigo, Música, Resenha e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para # 22: Adoração 4: Eternamente by Ministério Koinonya de Louvor

  1. O medley: Leão de Judá prevaleceu/Tua Senhor é a força, foi a faixa campeã de execução nas igrejas do Brasil.

    Eu mesmo, como guitarrista da Igreja do Evangelho Quadrangular, não aguentava mais tocar estes corinhos na igreja…

    Hoje, meu Deus, como eu queria voltar aquele tempo…

    Muitas saudades daquela galera que tocava comigo essas pérolas…

    Um grande abraço Arquivista.

    Ely Marchel Araújo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s